UXDE dot Net

Extra! Extra! Meu passe foi adquirido!

Por -
2 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 2 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 2 Flares ×

No final do mês de março, o Delaware News Journal entrou em contato com Khristopher Brooks, jornalista que acabara de concluir o curso de graduação na New York University, para dizer que ele havia sido escolhido entre uma série de candidatos para ocupar uma vaga de repórter no jornal. Empolgado com a notícia, Brooks comprou um carro, colocou o seu apartamento em Nova York para alugar e… redigiu um comunicado à imprensa declarando que ‘seu passe havia sido adquirido’, se é que podemos dizer assim.

O comunicado largamente adjetivado e polvilhado com algumas citações bem escolhidas de sua carta de oferta de emprego, tinha como único propósito dar as boas novas aos seguidores de sua página no  Tumblr. De lá, contudo, foi replicado por algumas pessoas e acabou caindo nas graças do conceituado blogueiro Jim Romenesko, que entrevistou Brooks e fez um post sobre a iniciativa. Eis um dos trechos da entrevista: “Sou fã de basquete e sempre que uma equipe da NBA ‘adquire’ um novo jogador, há um press release anunciando isso. Eu via essas divulgações e pensava: ‘O time está muito orgulhoso de sua nova contratação’”. Brooks admitiu que o expediente não era muito comum em empresas de comunicação a não ser no caso de ‘estrelas’, mas “o que me impediria de fazê-lo por conta própria?!”

Ao tomarem conhecimento da utilização não autorizada do logotipo da empresa e da exposição de trechos da carta de oferta que havia sido encaminhado por e-mail para o editor David Ledford, seus futuros patrões decidiram imeditamente demiti-lo. De nada adiantou a proposta de Brooks de excluir o ‘press release’ de sua página e ligar para Romenesko e pedir que deletasse o post.

Brooks não é um jornalista experiente, mas também não pode ser considerado um ‘foca’. Trabalha desde 2000, embora sua atuação tenha se restringido até então a matérias em periódicos universitários, que lá nos Estados Unidos tem uma importância considerável.

Um artigo assinado por ele alguns dias depois do episódio para o Huffington Post com o título ‘How to Get Fired Before Your First Day’ – ‘Como ser demitido antes do seu primeiro dia de trabalho’ –, vem gerando bastante repercussão na web. O texto conta toda a história, do seu ponto de vista obviamente, e se encerra da seguinte maneira: “Esperemos que da próxima vez que você leia o meu nome, ele esteja sob um título e não nele”.

Não acho que Brooks estava completamente errado em divulgar/comemorar seu novo emprego nas suas redes sociais, talvez tenha ido além da medida. Acho também que a reação do jornal em demiti-lo foi desproporcional. Muito provavelmente uma conversa franca resolvesse tudo.  Seja como for, Brooks acaba de ser contratado pelo Wilmington News Journal. Fiquei sabendo pelo seu tumblr, porém, desta vez, a informação veio na forma de legenda de sua primeira matéria. Bastou uma linha.

Enquanto todos nós ainda tateamos nas redes sociais, onde os pesos e as medidas ainda são muito subjetivos, situações como essa vivenciada pelo americano Khristopher Brooks atestam de maneira contundente a pertinência da melhor metáfora que eu já ouvi sobre o que deve ou não ser dito na Internet. Se imagine com um megafone em plena Avenida Paulista e reflita: ‘Você vai mesmo gritar isso a plenos pulmões?’

Sócio-diretor da Agência VIRTA. Formado em Jornalismo pela Universidade Católica de Santos, com pós-graduação em comunicação pela Faculdade Cásper Líbero e em economia pela Universidade Mackenzie.Possui especialização em novas mídias pela University of Florida.

2 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 2 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 2 Flares ×