Artigos

#Metas. Porque você precisa delas?

metas-raissa
Raissa Klain
Escrito por Raissa Klain

“Se você não sabe onde quer chegar qualquer lugar serve”, já dizia Confúcio.

Muitas vezes se critica a falta de profissionalismo das Aceleradoras, de alguns investidores do Brasil, mas na verdade a cultura de empreendedorismo ainda é muito amadora no país.  Culturalmente empreender aqui no Brasil “Dá muito trabalho”, “É para poucos” e uma carreira bem sucedida é estudar concurso público e garantir um emprego, décimo terceiro, férias, uma boa aposentadoria para o resto da vida.

Durante meu curso no Empretec, foi muito dito a importância de se ter metas de longo, médio e curto prazos. Eu achava que tinha entendido as metas de médio a longo prazo, pois na minha cabeça era muito mais fácil de planejá-las. Demorou muito para eu entender a importância das melas de longo prazo, já que até então elas se caracterizavam como um sonho, algo que eu imaginava que jamais conseguiria chegar.

Parecia algo ‘piegas’ na minha opinião. Mas foi da maneira mais dura que a meta de longo prazo entrou na minha cabeça. Na verdade, a meta de longo prazo é a mais importante de todas as metas e é a que vai ajudá-lo a definir as metas menores: de médio e curto prazo.

Empreendedores devem sonhar!

Não há nada de errado em ter uma visão de como você quer estar nos próximos vinte anos. Pode parecer absurdo, mas é com essa visão sendo mensurada em seus detalhes, que possa ser alcançada com esforço e dedicação é que se torna possível chegar em um lugar que você planejou.

Empreender não é fazer mágica, tirar o coelho da cartola. Prever os movimentos e suas próximas ações se resume em uma única palavra: planejamento.

As metas de longo prazo ajudam a planejar melhor as metas de médio prazo e as de médio prazo ajudam as de curto prazo.

Se você já conseguiu ter uma visão clara qual a sua meta daqui a vinte anos, o que você precisa construir até os próximos dez? Ou seja, como sua vida deve estar no meio do caminho?

Assim que você visualiza suas metas de médio prazo, quais as metas de curto prazo que te ajudarão a chegar neste objetivo? Não ficou muito mais fácil saber como você vai fazer para alcançar o seu sonho?

Não negocie com você mesmo!

Se você é um empreendedor, que definiu as suas metas, mas está com dificuldades de cumprir o acordado com você mesmo. Pare, pense e mude a rota se for preciso, mas nunca o objetivo final.

Empreendedor que negocia consigo mesmo é um enganador de si.

Precisamos praticar essa cultura no Brasil

Estive conversando com um dos meus colegas de turma do Empretec.  Nós ficamos super entusiasmados para começar a nos planejar após o seminário e levamos a ideia para nossos respectivo lares.

Na minha casa, minha empresa, todos ficaram surpresos e viram isso como uma grande novidade. Já na casa do meu colega, ao conversar com sua esposa, que nasceu e cresceu na Holanda, o resultado foi muito diferente. Ela riu e falou: “Não sei porque você está tão entusiasmado como se tivesse descoberto a roda. Na Holanda todos fazem isso. As metas de longo, curto prazo são ensinadas na escola, para crianças de cinco ou seis anos.”.

Isso, só não acontece na Holanda, mas também em quase todos outros países da Europa e é muito presente nos EUA. Entendeu a diferença da cultura de empreendedorismo no Brasil em relação ao resto do mundo?

E agora? Já sabe quais são suas metas? Vai busca-las!

Sobre o Autor

Raissa Klain

Raissa Klain

Raíssa tem 24 anos, é publicitária e CEO da Influentio, um plugin social que gera Buzz marketing através de compartilhamentos personalizados nas redes sociais. Começou a empreender aos seis anos vendendo adesivos e brinquedos na escola e aos 11 anos, vendendo sais de banho que ela mesmo fabricava. Além de ser empreendedora dedica-se ao seu Blog (www.meninaempreendedora.com.br) e organiza o evento TEDxRioClaro em sua cidade.

2 Comentários

Deixe um comentário