Artigos Empreendedorismo

Vamos Pesquisar?

pesquisando-palavras-chave-680x320
Escrito por Iuri Brito

Vamos combinar, a web muda muito, todo dia, cresce, altera ou inova. O ritmo é alucinado! Por exemplo, como você sabe se o que faz é bom, ruim ou o melhor? Quer complicar? Pense no que você deve fazer para estar ou se manter entre os melhores? Ou ainda, tente responder a pergunta, esse é o melhor que existe?

Por mais absurdo que pareça, minha resposta para tudo é sempre a mesma: não sei. Se falasse estaria mentindo ou usando a ciência do achismo. Se você que mesmo saber a verdade, para não termos dúvidas, então anote: vamos pesquisar.

Você pode até não ter a mínima ideia, mas pesquisar antes de iniciar pe uma ação tipicamente da qualidade, seja uma pesquisa de boas práticas ou benchmark, pesquisar é uma das ações mais importantes para quem quer fazer projetos competitivos para grandes players da web.

Quer saber como iniciar? Vamos pelo início… O que é uma pesquisa de boas práticas?

Conhecendo a pesquisa de boas práticas

O objetivo de uma pesquisa de boas práticas sempre é saber quais são as melhores ações ou práticas realizadas por um grupo definido. Sejam concorrentes, amigos ou referências, falando em web, uma pesquisa de boas práticas serve para saber quem são os caras mais bacanas e o que eles estão fazendo de melhor. Resumindo, se você quer ser um dos melhores, saiba quem são eles, o que fazem e compare para ser o melhor.

Etapas de uma pesquisa

1. Quem são o meu mercado e concorrentes? Toda e qualquer pesquisa inicia por definir o campo de pesquisa. Ou seja, queremos ser os melhores, então quem são os melhores? Vamos iniciar primeiro conhecendo o mercado e o nosso produto, quem são os concorrentes mais relevantes e quem, dentre eles, são referências para o que gostaríamos de fazer.

Certo? Conseguiu listar uns 5 realmente bons? Vamos apimentar isso…

2. Que tal adicionar algumas referências?Conhecendo o mercado e os concorrentes, nosso segundo passo é melhorar nossa lista pesquisando quem no Brasil e no mundo, relacionado ao seu negócio, realmente faz ações exemplares e que você adoraria estar fazendo. E nada de limitar seu pensamento, você pode se surpreender com o que uma empresa de serviço em Dubai ou uma indústria da Coreia do Sul podem fazer. No final, uma lista de 10 empresas realmente bacanas é o que você precisa.

3. Vamos listar o que é realmente o melhor? Após identificar o que vamos pesquisar, listando o creme de la creme global, agora vamos ao paciente trabalho de navegar, comparar e pesquisar. Sem atalhos ou pulando etapas, liste o que realmente é show em cada projeto. Se conseguir 5 ações legais de cada um vai ser ótimo. Pesquise, pesquise e pesquise. Tudo anotado e se você fez o tema de casa, devemos ter mais de 50 ações, ideias, estratégias e práticas dos melhores.

4. E agora, vamos organizar essa bagunça? Imaginando que você tenha uma lista de 50 ações super bacanas, agora o segredo é organizar. Quer saber como? É muito simples. De tudo que você pesquisou, tente agrupar as ações em 3 tipos: experiência, criar desejo ou divulgação e relacionamento. Vou explicar melhor:

  • Experiência:experiência é tudo que é oferecido para o cliente, aquilo que ele visualiza, onde o cliente interage com a marca, como um site ou um blog.
  • Criar desejo: desejo são todas as ações que levam o cliente para um ambiente de interação, como por exemplo, divulgação da empresa no Google, realização de uma campanha de banners, anúncios, até mesmo documentos em outros sites.
  • Relacionamento: também se tem o relacionamento, que nada mais é do que ações realizadas para esses clientes que a empresa divulgou, que interagiram e, depois da experiência, tiveram um contato, um canal, que se mantém e é continuado.

Organizando claramente o que é experiência (o que é oferecido para o cliente), desejo (cliente chegar até o ambiente) e relacionamento (como a empresa se relaciona e interage com o cliente), você tem que ter 10 ações para cada um dos itens. Nem menos e nem mais. Na dúvida corte, ajuste, pesquise. A intenção é ter as 30 melhores práticas para a sua empresa. Simplesmente o melhor, combinado?

5. Como utilizo isso tudo? Por fim, para fechar sua pesquisa anual (sim, você vai acabar exigindo isso a cada ano) o trabalho passa a ser documentar essa lista de ações, com os links de exemplo e colocar sua agência a trabalhar. Resumindo, organize as ações do ano, defina as etapas, prioridades e jogue como base para o seu planejamento anual. E em caso de não ter um, sem desculpas, você já tem mais um bom motivo para fazer o seu.

Para concluir, em uma simples pesquisa você conheceu mais do seu mercado, como estão os concorrentes, selecionou quem são suas 10 referências (os melhores do mundo), detalhou para o que cada um faz, aproveitou para organizar em 10 ações de divulgação, as 10 melhores de experiência, e as 10 de relacionamento, e ainda saiu com a base do que deve fazer no ano…

Agora até ficou simples entender a diferença entre o “acho que é bacana” para o “estar entre os melhores do mundo”. E se tiver dúvida, pode falar o temido não sei, mas vou pesquisar como os melhores fazem.

Para saber mais, acesse: http://www.slideshare.net/prumos/pesquisa-boas-prticas/

Curtiu? Agora é a sua vez de escrever.
Envie sua opinião, se concorda, dicorda, acredita, faz ou se vai fazer. Vamos conversar?

Sobre o Autor

Iuri Brito

Iuri Brito, o @GoUp no Twitter, é publicitário, mestre em planejamento, fundador da agência digital prumos.com e prêmio Talento Empreendedor. Hiperativo, vive hoje em New York e São Paulo.

Deixe um comentário