Brasil

A Batalha do Passinho nas Redes Sociais

passinho
Midia Boom
Escrito por Midia Boom

A Batalha do Passinho é um concurso de dança com a realização do Ministério da Cultura e da Coca-Cola e envolve o passinho do menor da favela, a linguagem coreográfica mais identificada com as comunidades populares do Rio de Janeiro.

A Batalha do Passinho é um concurso de dança com a realização do Ministério da Cultura e da Coca-Cola e envolve o passinho do menor da favela, a linguagem coreográfica mais identificada com as comunidades populares do Rio de Janeiro. A Batalha do Passinho começou em setembro de 2011. Foi criada pelo músico Rafael Soares e pelo escritor Julio Ludemir com o objetivo de organizar e dar visibilidade ao passinho do menor da favela, uma coreografia que mobiliza milhares de jovens das comunidades populares do Rio de Janeiro.

O concurso de dança deu um status artístico ao lazer de jovens com baixa escolaridade e até então tidos como problemáticos, quase confundidos com os bandidos que controlavam as comunidades em que vivem até ter início o processo de pacificação em curso na cidade. A Batalha do Passinho tornou-se uma grande ferramenta de inserção de atores sociais com os quais a cidade formal jamais conseguiu dialogar, criando oportunidades de trabalho e perspectiva de futuro para jovens negros e principalmente do sexo masculino.

Esse processo de inclusão, que de imediato despertou o interesse da mídia, da universidade e dos grandes pensadores sociais, revelou uma dança não apenas surpreendente do ponto de vista artístico, mas totalmente desvinculada do estereótipo sexista e violento que até então impedia o reconhecimento do funk como o principal símbolo de um Rio inventivo e principalmente feliz.

Hoje em dia até nas novelas da Globo é possível ver alguns passinhos em cenas com os meninos que moram nos morros cariocas.

Confira um vídeo feito no metrô do Rio de Janeiro em é misturado um pouco de música clássica, beat box e claro, os passinhos alucinantes do funk carioca.

Aproveitando o post!

Em uma pesquisa sobre o Projeto da Batalha do Passinho encontrei um documentário de 2012 com o mesmo título do projeto.
O documentário A Batalha do Passinho – Os Muleque São Sinistro de Emílio Domingos, retrata esse fenômeno e descobre como a cultura ao redor do mundo funk se expandiu para além dos bailes, DJs e favelas.

Confira um dos vídeos teaser do filme:

Sobre o Autor

Midia Boom

Midia Boom

Blog Mídia Boom

Deixe um comentário